in , ,

Mulher de Rui Patrício sugere masturbação aos jogadores da seleção. “Abstinência forçada não é nada positiva”

A psicóloga e sexóloga Vera Ribeiro, a mulher de Rui Patrício, partilha da opinião que os jogadores das seleções beneficiam com a masturbação, uma vez que não têm vida sexual durante os estágios.

Especialista em psicologia e sexualidade, Vera Ribeiro considera que a masturbação pode ajudar na redução do stress e ansiedade e ser uma solução útil para os jogadores da seleção portuguesa, impedidos de manter relações sexuais durante o estágio do Campeonato do Mundo de futebol, que este ano decorre na Rússia.

“O jogador de futebol não deve abster-se de ter relações sexuais antes dos jogos, mas também sabemos que em termos de rotina não estão em contacto com as famílias”, começou por dizer no programa “Dr. Saúde”, da SIC.

Questionada pelo apresentador do programa, o médico Pedro Lopes, se seria benéfico os atletas recorrerem à masturbação, a companheira do guarda-redes respondeu de forma afirmativa. “Aí poderão obter os tais benefícios, que é o melhor sono, melhor descanso. Os níveis de cortisol são mais controlados, tem melhores resultados no stress e ansiedade”, explica.

“Obviamente que a parte psicológica, sentimental e bem-estar que (o sexo) promove e o facto de estar equilibrado nesse nível vai trazer aspetos positivos à sua performance”, refere. Apesar de não associar a performance desportiva com a ocorrência de sexo, Vera Ribeiro considera que a “abstinência forçada não é nada positiva” e usou a seleção de Rússia como exemplo, que permitiu que os jogadores tivessem relações com as companheiras durante o estágio.

Fonte: JN

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading…

Comentários