in

Acredita que filho nasceu ruivo “por causa dos Cheetos”

Mãe do bebé adora os aperitivos picantes de queijo e durante a gravidez comeu 320 pacotes de tamanho familiar.

Emelia Jackon é obcecada por aperitivos de batata da marca Cheetos e acredita que este é o motivo, pelo qual o filho nasceu com o cabelo ruivo. O namorado, luso-descendente, questionou a mulher sobre a paternidade do filho, devido a sua aparência (nenhum dos dois é ruivo) por desconfiar de infidelidade. A mulher respondeu-lhe, de forma irónca que seria “por causa dos Cheetos” que comeu durante toda a gravidez.

Para comemorar tanto a gravidez quanto o vício por Cheetos, Emelia decidiu fazer uma sessão fotográfica de maternidade numa banheira cheia de batatas fritas.

Comprou 15 sacos de tamanho familiar para a sessão e durante a mesma, deitou os aperitivos dentro da banheira, enquanto a fotógrafa Roxana Ramires capturava as suas últimas semanas de gravidez. Contudo, a sessão fotográfica tornou-se insegura, pois havia pó de Cheetos por todo o lado, que se alojava em algumas partes do corpo e causava bastante desconforto (ainda para mais porque estamos a falar da versão extra picante dos aperitivos…).

Durante toda a minha gravidez, os Cheetos eram o meu maior desejo e acordava o meu namorado, a meio da noite, para ir comprar batatas fritas”, revela em entrevista ao jornal Metro.

Emilia explica: “Eu sou a pessoa mais estranha do mundo, sabia que iria ficar ridículo fazer um banho de batatas, mas a ideia surgiu-me e decidi fazê-la.” A mulher considera fazer mais uma sessão fotográfica, mas desta vez, “com tacos ou nuggets de frango”.

O nascimento do filho tornou-se um momento feliz mas também conturbado. O bebé nasceu com o cabelo ruivo causando desconfiança no namorado da mulher, questionando se os dois precisavam “de falar sobre algum assunto”.

A mão do bebé é descendente de afro-americanos e de noruegueses. Já o pai do bebé é filho de portugueses e havaianos.

Actualmente, Emelia está impedida de comer os aperitivos de batata frita dos quais tanto gosta, pois este produto torna o leite materno impróprio para consumo.

Fonte: Correio da Manhã

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Loading…

Comentários