in

Apanhado a trair a namorada finge que a ‘outra’ é boneca sexual

Momento insólito foi filmado pela mulher traída.

 

Um homem norte-americano foi apanhado a trair a namorada e usou a pior (ou melhor…) desculpa de sempre: disse que a outra mulher com que estava a fazer sexo era uma boneca sexual.

Num vídeo que se tornou viral nas redes sociais, a mulher traída espreita pela porta e vê o que se passa. Irrompe pelo quarto e, imediatamente, a ‘outra’ fica imóvel como se fosse um manequim.

“Mas que raio se passa aqui? Quem é esta?”, pergunta a mulher, ao que o companheiro responde “Como mo podes acusar de te trair, de te fazer uma coisa dessas. Não vez que é uma boneca sexual?”. A mulher resolve testar a teoria e aproxima-se da rival, que está seminua, olha-a com atenção e empurra-a, enquanto o namorado traidor continua a garantir que é uma boneca sexual de última tecnologia.

“Mas que raio se passa aqui? Quem é esta?”, pergunta a mulher, ao que o companheiro responde “Como mo podes acusar de te trair, de te fazer uma coisa dessas. Não vez que é uma boneca sexual?”. A mulher resolve testar a teoria e aproxima-se da rival, que está seminua, olha-a com atenção e empurra-a, enquanto o namorado traidor continua a garantir que é uma boneca sexual de última tecnologia.

A mulher que finge ser a boneca mantém-se em personagem e só após ser empurrada três vezes (numa pediu para não a empurrarem com voz robótica), é que fica farta e tenta agredir a rival traída. “Não tenho que aturar isto. Vocês estão loucos. Tratem-se, eu vou-me embora”, diz a mulher enquanto recolhe a roupa espalhada no chão e se prepara para fugir.

“Esta p*** não é nenhuma boneca sexual!”, atira a mulher traída. Já o namorado achou que o ideal era manter a história: “Eu tenho o recibo e tudo. Vou ter que a ir trocar, deve ter um problema de funcionamento. Não sei porque se está a mover. Deve ser dos reflexos que vêm integrados”. O vídeo já foi visualizado mais de 2,5 milhões de vezes.

Fonte: Correio da Manhã

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading…

Comentários